quinta, 02 de junho de 2022 - 14:53h - 8925
Vacina em Casa: Governo lança programa que reforça a imunização em bairros de Macapá e Santana
Equipes do Governo do Estado irão de casa a casa levando aos moradores vacinas contra a covid-19, sarampo e influenza.
Por: Rafaela Bittencourt
Foto: José Baía e Jesiel Braga
Profissionais também atualizarão as cadernetas de vacina das crianças.

O governador, Waldez Góes, lançou nesta quinta-feira, 2, o programa Vacina em Casa, que levará imunizantes contra a covid-19, sarampo e influenza, inicialmente, às casas dos moradores de Macapá e Santana - os dois municípios mais populosos do estado.

A ação, que também vai verificar a caderneta das crianças para atualização das vacinas de rotina, faz parte das estratégias contínuas do Governo para ampliar a cobertura vacinal da população.

Serão 50 dias de atividades para 15 bairros de Santana e 100 dias para atender 39 bairros da capital. As equipes irão de casa em casa, sempre identificadas, de 8h até 13h, de segunda a sexta-feira.

O lançamento do Vacina em Casa aconteceu durante solenidade na Unidade Básica de Saúde Antônio Serieiro, em Santana, e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o prefeito, Bala Rocha

“Nós queremos ser o primeiro município do Amapá a zerar o número de casos de sarampo. Já tivemos uma redução muito importante em relação ao ano passado, mas o nosso objetivo é eliminar essa doença, por isso estamos juntos com o Governo do Estado nessa estratégia”, explicou o prefeito Bala.

As prefeituras das duas cidades são parceiras neste trabalho - elas ofertam os imunizantes e equipes de trabalho. Góes reforçou a importância da união com os municípios nesta estratégia de saúde pública.

“Estamos entrando em uma nova fase, porque quando um governo e uma prefeitura dizem que vão entrar em todas as casas de Santana e de Macapá, isso mostra o comprometimento com a vida das pessoas. Sabemos que os profissionais vão encontrar dificuldades, mas não podemos nos deixar abalar, o diálogo é nossa principal ferramenta para avançar nessa proteção”, disse o governador Waldez.

As equipes de vacinação coordenadas pela Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS-AP) começaram a estratégia percorrendo as ruas do bairro Ipê em Macapá. Uma das famílias atendidas foi a de Catrine Figueiredo de Sousa, de 31 anos.

“Para mim, faltava tempo para ir até uma unidade de saúde tomar a vacina, mas agora consegui completar meu esquema vacinal contra a covid-19 com a terceira dose e também me proteger contra o sarampo”, explicou Catrine.

O pequeno Anthony Bernardo, de sete anos, tomou duas vacinas: a da influenza e a tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. A tia da criança foi quem esteve ao lado dele na hora da vacina.

“Ele estava ansioso desde quando ouviu que teria a vacinação e avisou todo mundo em casa, então ficamos ansiosos aguardando a chegada das equipes”, disse Maylany Pereira de 27 anos e tia de Anthony.

Estiveram presentes, também, o secretário de Saúde do Amapá, Juan Mendes, a superintendente de Vigilância em Saúde do Estado, Margarete Gomes, a secretária de Saúde de Santana, Ithiara Madureira e o vereador de Santana, Mário Brandão.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Jesiel Braga

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá