sábado, 04 de dezembro de 2021 - 21:20h - 3260
Comida em Casa alcança mais 765 famílias ribeirinhas de Mazagão; Governo já entregou 49.212 cestas de alimentos
Programa garante segurança alimentar para diversos públicos em vulnerabilidade social.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Marcelo Loureiro/Secom
Iniciativa já atendeu 76 comunidades ribeirinhas, além de outros públicos.

O Governo do Estado se aproxima da meta de distribuição de 50 mil de cestas de alimentos através do programa Comida em Casa. Neste sábado, 4, a ação alcançou 765 famílias ribeirinhas da comunidade Vila Maranata, localizada na foz do rio Ajuruxi, em Mazagão.

Ao todo o programa já entregou 49.212 para diversos públicos em vulnerabilidade social, sendo 76 comunidades ribeirinhas, além de empreendedores, população LGBTQIA+, atletas, autônomos, entre outros.

Na comunidade de Vila Maranata, as cestas foram entregues para 24 entidades sociais e religiosas que realizaram o repasse para o público-alvo da ação.

O agricultor Luiz Almeida, 48 anos, representante da comunidade de São Tomé do Ajuruxi, destacou que esse é um momento de felicidade para a comunidade que ainda enfrenta dificuldades devido a crise da pandemia.

“Hoje estou recebendo 25 cestas que vão contribuir com a renda de várias pessoas que estão passando por momentos de difíceis. É muito bom saber que esse programa tem chegado até nós”, disse.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 13 milhões no programa que faz parte do pacote social e econômico elaborado pelo governador Waldez Góes e a equipe de diversas secretarias do Estado. 

“Nossa missão é alcançar o maior número de famílias, e isso só é possível graças a uma ação conjunta de uma equipe que trabalha em benefício da população. Após alcançar a meta de 50 mil cestas pretendemos fazer novas aquisições para atender mais pessoas em vulnerabilidade”, frisou o governador.

As cestas de alimentos possuem 43 itens de 16 produtos como arroz, feijão, óleo, leite em pó, macarrão, açúcar, café, farinha, entre outros.

A secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social, Albanize Colares, destacou que com essa entrega serão alimentadas 3.060 pessoas, e a intenção é alcançar um número ainda maior de famílias que vivem em comunidades de difícil acesso.

“Estamos sempre realizando uma busca ativa de famílias que estão em vulnerabilidade e moram em zonas urbanas, rurais e ribeirinhas, para que o programa chegue de fato a quem precisa”, enfatizou a gestora.

Ações nas comunidades

Em junho o Comida em Casa também esteve presente nas comunidades urbanas e realizou a entrega de 672 cestas básicas para 23 Organizações da Sociedade Civil (OSC’S), que fizeram a distribuição entre as famílias cadastradas. 

Já em outubro foi a vez das comunidades rurais, onde foram atendidas 499 famílias em vulnerabilidade, e as cestas foram entregues para 12 OSC’S, que ficaram responsáveis pela distribuição.

Nos dias 24 e 25 de novembro, foram realizadas ações nas comunidades ribeirinhas de São José, Celestino e Foz do Mazagão Velho, com a distribuição de 600 cestas básicas para 21 entidades.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá