terça, 03 de novembro de 2015 - 10:37h - 17680
Coleta seletiva gera mínimo impacto ambiental na 51ª Expofeira do Amapá
Diariamente é feita a separação e armazenamento dos resíduos sólidos recicláveis gerados durante o evento.
Por:
A coleta seletiva de resíduos sólidos implantada na 51ª Expofeira do Amapá, através de um projeto executado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), tem a proposta de gerar o mínimo impacto ambiental na área do Parque de Exposições.

As lixeiras estão devidamente identificadas: plástico (vermelho), vidro (verde), papel (azul) e metal (amarelo). Elas estão espalhadas por toda extensão da feira, onde a população pode efetuar o descarte. Diariamente é feita a separação e armazenamento dos resíduos sólidos recicláveis gerados durante o evento.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Marcelo Creão, a proposta da coleta seletiva é promover um novo conceito de eventos com mínimo impacto ambiental, aliado a geração de renda aos carapirás. "Conciliamos a ação com a inclusão social que oportunizará benefícios sócio ambientais", enfatizou.

A coleta seletiva é realizada por agentes ambientais. Os resíduos recicláveis são armazenados em sacos de serapilheira e no fim da Expofeira será dada a destinação final. Ainda não foi contabilizada a quantidade de lixo reciclável armazenado nos primeiros dias do evento.

Sensibilização

A coleta seletiva de lixo é de extrema importância para a sociedade e desenvolvimento sustentável do planeta. Além de gerar renda para milhões de pessoas e economia para as empresas, também significa uma grande vantagem para o meio ambiente uma vez que diminui a poluição dos solos e rios.

51ª Expofeira

A 51ª Expofeira do Amapá é uma realização do Governo do Estado e Sebrae. O evento ocorre no Parque de Exposições da Fazendinha, no período de 30 de outubro a 8 de novembro. Da área total de 120 mil metros quadrados, serão ocupados 116 mil. A concepção da 51ª Expofeira é transformá-la em feira de negócios, dando ênfase ao desenvolvimento econômico do estado. Dois eixos estarão em evidência - Produção de Alimentos e Produção Florestal.

Em 2015 o evento conta com o patrocínio do Banco do Brasil, CAIXA, Banco da Amazônia e Sicoob CredEmpresas-AP e apoio da Associação Comercial do Amapá (ACIA), Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) e Consórcio Equador.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá