domingo, 20 de março de 2022 - 16:00h - 4606
Nova Economia: Beneficiários do Amapá Jovem participam de seleção para o E+ Profissional
Processo vai selecionar 600 jovens para qualificação profissional e possibilidade de contratação na CEA Equatorial.
Por: Anne Santos
Foto: Erich Macias
Beneficiários do programa Amapá Jovem participam da seleção do E+ Profissional.

Neste domingo, 20, 2 mil beneficiários do Amapá Jovem participaram da 2ª etapa do processo de seleção para o E+ Profissional. O projeto, realizado em parceria com a CEA Equatorial, faz parte das estratégias traçadas pelo plano da Nova Economia do Amapá e qualificará, inicialmente, 600 jovens do programa em cursos de eletricista e operador de saneamento, no Serviço Nacional da Indústria (Senai).

Esta etapa consiste na realização de provas de português e matemática, em uma plataforma online. Em Macapá, os candidatos participaram do certame na Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares com o suporte de monitores do Amapá Jovem, servidores da Secretaria de Juventude e instrutores da Equatorial, que auxiliaram os jovens no acesso à plataforma.

O Secretário Extraordinário de Políticas para a Juventude, Pedro Filé, explica que foram mais de 3 mil jovens inscritos em todo o estado. Desses, 2 mil foram classificados para esta etapa.

“Serão 600 jovens selecionados a partir dessa prova para serem qualificados no Senai. É mais uma oportunidade que o Governo do Estado oferta para os beneficiários do Amapá Jovem. Estamos qualificando esse jovem e gerando condições de empregabilidade”, afirmou o gestor.

Até 2030, com o plano da Nova Economia do Amapá, muitos empregos e oportunidades serão gerados a partir das concessões realizadas pelo Governo do Estado.

Entre os jovens que participam do processo, está o bolsista Marlúcio dos Santos, de 18 anos, do pólo Minha Gente, zona norte de Macapá. Para ele, que mora com a mãe e mais quatro irmãos, o E+ Profissional é uma oportunidade de conseguir um emprego para ajudar na renda familiar e conseguir o nível superior.

“Apenas o meu irmão trabalha, quando fiquei sabendo dessa oportunidade, me inscrevi e me preparei, pois vejo a chance de me qualificar, conseguir um emprego e ter condições não só de ajudar minha família, mas também de pagar a minha faculdade de psicologia, que é o meu sonho”, disse o candidato.

Além da qualificação, o programa também oferece vale-transporte para que os beneficiários possam se deslocar até as aulas. O programa também oferta a Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente, dando mais condições de empregabilidade para os participantes.

Antes do início das provas, o presidente da CEA Equatorial, Augusto Dantas, explicou para os candidatos as etapas do E+ Profissional.

“É um programa inédito, selecionaremos 600 jovens que serão treinados para as duas atuações, saneamento e energia e nos ajudarão a transformar a realidade dos dois serviços Amapá, que são importantes para o desenvolvimento”, disse o presidente.

A jovem Patrícia Santos, 27 anos, está otimista com o processo e na expectativa pelo resultado. Aos 27 anos de idade, nunca conseguiu um emprego de carteira assinada.

“Esse pode ser o meu 1º emprego formal. Vou obter novos conhecimentos com o curso e me dedicar para conseguir ingressar no mercado de trabalho”, vislumbra a jovem.

As provas foram aplicadas durante todo o domingo. Após essa etapa, os jovens classificados passarão por avaliação médica, a partir do dia 23 de março. A previsão é que as aulas iniciem em abril e aqueles jovens que se destacarem nos cursos, serão contratados pela CEA Equatorial.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá